terça-feira, 20 de setembro de 2011

Amor de Deus é assim!

Durante a Segunda Guerra Mundial, aconteceu num Campo de Concentração "Nazista", que um prisioneiro de guerra fugiu. Quando as autoridades descobriram, forçaram os companheiros da cela a dizerem como o prisioneiro tinha fugido. Mas, como ninguém ousava falar, então o oficial mandou fuzilar metade daqueles prisioneiros. A lista foi feita, e entre os condenados estava um homem, que costumava maltratar os cristãos que estavam com ele, na mesma cela.

No dia seguinte, levaram todos os prisioneiros a assistir ao fusilamento. Exclamou o oficial: "Assim acontecerá, a todos aqueles que tentarem fugir deste Campo...", quando um destes cristãos que estava na mesma cela, o interrompeu dizendo: "Eu não fui condenado, mas se me é permitido, eu tomo o lugar daquele homem que sempre me criticou por eu ser crente...".

Assim aconteceu há 2.000 anos atrás. Jesus não era condenado, nem tão pouco prisioneiro. Ele era livre, mas nós estavamos condenados, Ele tomou sobre si a nossa condenação e deu-nos a Sua liberdade. Ele morreu em nosso lugar, desceu ao inferno no nosso lugar. Mas, ao ressuscitar Ele venceu o nosso opressor (o diabo). Hoje, todo aquele que recebe Jesus passa da condenação para a liberdade, da morte para a vida.

Este é o Tipo de Amor de Deus.

Nenhum comentário:

Postar um comentário