segunda-feira, 21 de outubro de 2013

Cheguei aos 45

Cheguei aos 45! No dia 10 de setembro vibrei com o amanhecer, respirei fundo, emiti um sorriso de agradecimento a Deus por estar contemplando um novo dia, dia chuvoso, nuvens pesadas deslizando em ritmo frenético e com formatos inusitados, mas em nada expressando o sentimento leve de meu coração. Para mim, esse dia é tudo de bom que possa existir, porque eu amo a vida, amo observar os detalhes que ela me oferece e poder me aproximar da sabedoria que ela emana. Ao contrário de muitos, eu adoro o dia do meu aniversário, comemorar a minha existência e ouvir aquela musiqueta agradável: Parabéns a você... É nesse momento que os meus olhos brilham muito mais e mistura-se com as chamas que vêm das velinhas colocadas estrategicamente no bolo de aniversário. Retorno feliz ao meu tempo de infância. A soma dos anos vividos não pesou em meus poucos e embranquecidos cabelos, nem tampouco me fez amargo com as adversidades vividas. Apesar das minhas formas se distanciarem de um físico perfeito sinto-me alegre e extremamente feliz! Sou muito agradecido a Deus por ainda me permitir: olhar o céu... com as suas nuvens deslizantes, com as suas estrelas brilhantes, com a sua lua encantada em dias serenos... ouvir o trinado dos pássaros em sinfonias sem fim, bem como as lindas melodias em escalas variadas emitidas por um piano ou um saxofone em meus momentos de reflexão... sentir o perfume das flores, dos aromas das mais delicadas essências que combinam com o meu viver... perceber, no poder do toque das coisas concretas, a diferença entre a suavidade de uma flor e a aspereza de uma pedra... exprimir meus sentimentos em lágrimas, em sorrisos, em expressões dos mais variados sentir... desfrutar da presença física de meus filhos, cada qual com seu jeito de me amar... conviver em família em união e carinho... abraçar meus amigos reais e também os que não posso abraçar fisicamente, mas que posso abraçar com a alma... os meus amigos virtuais. Poder escrever os meus versos, caminhar em minha estrada poética e expor a minha alma em cada um de meus poemas e de meus textos é algo que completa a minha vida e me faz sonhar acordado. Sou também muito grato a Deus por me presentear com uma igreja abençoada, agência do Reino de Deus em Alvorada, igreja que já aprendi a amar com o mais profundo da alma. Encerrei meu dia com uma linda surpresa feita pelos irmãos. Como é bom poder viver a beleza de amar e ser amado, construir sonhos e edificar uma nova vida... Por tudo isso... Eu amo este dia ! Eu amo viver !

Nenhum comentário:

Postar um comentário